quarta-feira, 22 de maio de 2013

Não mais importa...




“Se eu pudesse neste momento executar o que minha mente ordena, amanhã eu estaria morta ou encarcerada, afinal a dor que estou sentindo me obriga a fechar as portas do meu coração e me induzem a querer acabar com a vida de quem acabou com a minha.
 Você disse que por ter sofrido precisava fazer  alguém sofrer para poder se sentir melhor, portanto sorria, mas sorria enquanto pode, pois ao me fazer sofrer você acabou sem querer assinando a sua sentença de maldições, uma atrás da outra elas irão te perseguir, vão te fazer sentir remorso, vão te fazer chorar a noite depois de você  ter passado aquele que julgava ser o melhor dia da sua vida. Escreve o que estou te dizendo, por ter me feito chorar você vai sofrer a cada dia uma perda diferente, vai aos poucos perdendo a paz, a alegria e quando perder o amor a vida eu estarei lá para te levantar do chão olhar nos teus olhos e dizer sem nenhuma sombra de arrependimento o quanto eu estou feliz por te ver acabado, por ter conseguido acabar com você, sua vida desprezível já não serve mais...”

0 comentários:

Postar um comentário

 
;