segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Bora ver no que vai dar...

"Sair do chão é tudo o que eu preciso.
Pular de um prédio, pra chegar ao paraíso..
Nunca me diga o que eu devo fazer..
Já que a vida é minha não devo nada há você.
Pulsos inúteis, não os quero mais.
São saídas de emergência, que me levam para trás..
Se não for pra melhorar, pra quê existir???
Deste mundo eu não gosto, vou embora daqui...


Não me impessa, sei o que tô "fazeno"
Não vou cortar os pulsos, e nem beber veneno..
Fica tranquila do prédio eu não vou pular..
Só queria, estar certo de que você quer me amar.... "



0 comentários:

Postar um comentário

 
;